Vai um remedinho aí? Melhor não!

“O uso de remédios que alteram a química cerebral cresce a galope. O Rivotril foi o medicamento mais prescrito no Brasil entre 2013 e 2014”, de acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró-Genéricos), com base em dados do instituto de pesquisas Clode Up. As vendas de clonazepan, o princípio ativo do Rivotril, aumentaram 73% nos últimos nove anos e a de antidepressivos subiram 44% em cinco anos. As vendas do metilfenidato (princípio ativo da famosa Ritalina) subiram 775% entre 2003 e 2012.

No Brasil, existem mais farmácias do que padarias. São 78 mil drogarias, contra 63 mil padarias ( fonte: Associação Brasileira de Panificação e Confeitarias).

Com um “barulho” desses, quem dorme? Haja  comprimidos de melatonina pra regular o sono!

Referência: KEDOUK, Marcia. Os Segredos que os Médicos não Contam sobre os Remédios que Você Toma. Editora Abril, São Paulo, 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s