As pessoas vão gostar mais de você se…

Na mesma direção do que propõe o post anterior, destaco  orientações que podem ser úteis na interação social. Elas foram postada no site de Larry Kim, um palestrante com formação em Engenharia e fundador da WordStream, uma empresa de marketing na internet.

  1. Use o nome da pessoa

Vamos encarar: somos todos grandes narcisistas e amamos o som do nosso próprio nome. Saiba nomes e fazer bom uso deles. Sempre use o nome de um indivíduo em uma conversa. Um clássico do famoso livro de Dale Carnegie, Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, bate nessa tecla e funciona.

  1. Sorria – de verdade!

Embora nós vivamos na era digital, em que cada vez mais se substitui a interação humana pela tecnologia, ainda somos animais sociais. Como seres humanos, nós usamos a interação social como ferramenta de feedback e fazemos muitas escolhas conscientes e subconscientes baseados na ideia de interação com os outros.
Quando alguém oferece um enorme sorriso repleto de autenticidade, uma certa felicidade é transmitida sem que se perceba. Há muitos estudos que mostram como o humor, positivo ou negativo, se espalha entre os indivíduos. Se a sua atitude positiva ilumina o dia de alguém, essa pessoa vai te amar por isso.

  1. Ouça (não apenas com os ouvidos)

É óbvio que as pessoas vão gostar mais de você se forem ouvidas por você. (…) Você pode mostrar que está ouvindo alguém através da linguagem corporal (posicionar o seu corpo e espelhando a sua posição), fazendo contato com os olhos, e a confirmação verbal (vamos falar mais sobre isso na próxima).

  1. Seja Verbal

A maioria dos livros de psicologia se referem a esta técnica como “escuta ativa”. A escuta ativa significa mostrar que está ouvindo ao repetir ideias e até sentenças inteiras que acabou de ouvir. Por exemplo:

Outro: Eu fui a um evento de degustação de cerveja impressionante no fim de semana; tive que provar uma tonelada de cervejas locais e de muitos estados.
Você: Você teve que experimentar um monte de cervejas diferentes, hein?
Outro: Sim, foi muito divertido. O meu favorito foi o XPTO.
Você: O XPTO foi o seu favorito?
Outro: Sim, tinha um gosto excelente.

Enquanto na forma de texto isso parece uma conversa estranha, na fala esse tipo de diálogo pode ajudar muito. Faz o outro indivíduo se sentir como se você realmente estivesse prestando atenção. Além disso, as pessoas gostam de ouvir suas próprias palavras ecoarem de volta para eles, é como se desse um tapinha no ego.

  1. Converse e prove que você está prestando atenção

Já discutimos o quanto é importante mostrar às pessoas que você está ouvindo. Ronco durante um discurso ou conseguir um olhar vidrado em seus olhos não renderá amigos. Para realmente mostrar a alguém que você está prestando atenção, tente mencionar um tópico que a outra pessoa falou antes. (…) Se sua amiga disser que irá pintar a cozinha com uma nova cor no fim de semana, pode perguntar-lhe na segunda-feira se ela gostou da nova cor.  Não precisa ser grandes coisas ou eventos de mudança de vida. Na verdade, às vezes pode ajudar mais diz mais você demonstrar interesse sobre pequenos acontecimentos na vida da outra pessoa.

  1. Cumprimente e elogie com sinceridade

Como observado pelo famoso especialista em auto-aperfeiçoamento e já citado Dale Carnegie, as pessoas anseiam por apreciação autêntica. Isso é muito diferente de bajulação vazia, o que a maioria das pessoas são hábeis em detectar. Ninguém gosta de  puxa-sacos, e a maioria das pessoas não gosta de ser bajulada. O que as pessoas realmente querem é apreço sincero – serem reconhecidas e apreciadas por seus esforços. Além de dar às pessoas apreciação sincera é também importante ser generoso. As pessoas adoram ser elogiadas. É ótimo ouvir que você realizou bem um trabalho. Quando alguém fizer algo certo, diga-lhe isso; essa pessoa não se esquecerá.

  1. Critique com tato

Na mesma linha, ao mesmo tempo em que você deve ser generoso nos elogios, deve ser mesquinho com as suas críticas. As pessoas têm egos delicados, e até mesmo uma leve palavra de condenação pode ferir o orgulho de alguém. É claro que será necessário, por vezes fazer críticas, mas devem sempre ter um propósito e serem feitas com cuidado. Se alguém comete um erro, não critique essa pessoa na frente do grupo. Seja discreto, seja delicado. Considere a ideia de amortecer a crítica fazendo algo como um sanduíche – uma estratégia eficaz que consiste em fazer elogios antes e depois de uma crítica. Seu objetivo deve ser realmente fazer a outra pessoa reconhecer os erros sem você apontá-los. Outra estratégia para críticas de forma diplomática é começar por discutir seus próprios erros antes de seguir para os erros da outra pessoa. Em última análise, o objetivo é sempre ser gentil com as críticas e só fazê-las quando for verdadeiramente necessário.

  1. Evite dar ordens – faça perguntas

Ninguém gosta de ser mandado. Então, o que você faz quando precisa que algo seja feito? A verdade é que você pode obter o mesmo resultado com uma pergunta ao invés de mandar. O resultado pode ser o mesmo, mas o sentimento e a atitude do indivíduo podem variar muito, dependendo da sua abordagem. Você pode substituir “Eu preciso desses relatórios esta noite. Traga-os o mais rápido possível” por “Você acha que poderia me enviar esses relatórios ainda esta tarde? Seria de grande ajuda“. Fará muita diferença.

  1. Seja uma pessoa real, não um robô

As pessoas gostam de perceber caráter e autenticidade. Enquanto a doutrina de negócios clássico destaca a importância de uma postura de macho alfa (ombro para trás, queixo para cima, forte aperto de mão), é fácil não fazer muito sucesso com ela.
Em vez disso, tente ser ao mesmo tempo confiante e respeitoso. Alguns especialistas sugerem que se pode demonstrar cooperação ao ser apresentado a alguém pisando na direção da pessoa e ao mesmo tempo dobrando-se ligeiramente para a frente, formando suave arco com o corpo. Tais gestos podem ajudar a causar boa impressão sobre você.

  1. Torne-se um especialista em Storytelling

As pessoas adoram uma boa história; e grandes histórias exigem contadores de histórias sofisticados. Contar histórias é uma forma de arte que exige compreensão da linguagem e ritmo. Domine bem a tradição oral de contar histórias e suas chances de sucesso vão aumentar expressivamente.

  1. O toque físico

Essa é um pouco complicada; eu hesito até em mencionar isso porque, obviamente, precisa ser feito com muito critério. No entanto, tem sido demonstrado que o contato físico muito sutil torna os indivíduos mais conectados a você. Um grande exemplo é tocar suavemente o braço de alguém (com a mão esquerda) enquanto dá as mãos (com a mão direita) – é uma ótima maneira de terminar uma conversa. Nem todo mundo vai se sentir confortável com essa estratégia, e se isso não é para você, tudo bem.

  1. Peça conselhos

Pedir conselhos a alguém pode ser um tanto quanto surpreendentemente, uma grande estratégia para levar as pessoas a gostarem de você. Pode demonstrar que você valoriza a opinião da outra pessoa e a respeita. Todo mundo gosta de se sentir necessário e importante. Quando você faz alguém se sentir melhor sobre si mesmo, essa pessoa certamente vai acabar gostando de você por isso.

  1. Evite os clichés

Vamos encarar: a maioria de nós não gosta de pessoas chatas. Em vez disso, nós gostamos do inusitado, do exclusivo, às vezes até do bizarro. Um grande exemplo de situações em que é importante evitar clichês é em entrevistas. Ao invés de repetir o “prazer em conhecê-lo” na conclusão de uma entrevista, adicione algum tipo de variação para torná-lo memorável, mesmo que de forma pequena. “Foi um verdadeiro prazer aprender mais sobre a [empresa]” Experimente algo como “eu realmente gostei de falar com você hoje”. Você não tem que reinventar a roda – basta ser você mesmo.

  1. Faça perguntas

Fazer perguntas pessoais – sobre suas vidas, seus interesses, suas paixões – é uma maneira infalível de ganhar pontos. As pessoas são egocêntricas – elas gostam de falar de si mesmas. Se você faz perguntas que levem as pessoas a falarem sobre si, vão sair da conversa pensando que você é legal. Mesmo se a conversa realmente não der à outra pessoa uma razão para gostar de você, o interlocutor irá pensar melhor sobre você inconscientemente.

Fonte:  Larry Kim

 

View story at Medium.com

Anúncios

Um comentário sobre “As pessoas vão gostar mais de você se…

  1. As pessoas que se importam contigo, irão gostar de você independente de tudo aquilo. Apenas sendo você mesmo. Viver sendo uma persona perfeita, é um fardo. E mesmo se ninguém gostar, só uma pessoa precisa gostar de ti, que é tu. Não precisa se mudar nada por obrigação. Apenas desenvolver a si.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s