DSM-V vai nascer morto?

O Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos (NIMH) , o maior financiador de pesquisa em saúde mental do mundo, anunciou que rejeita a quinta versão do DSM-V, o Manual Diagnóstico e Estatístico de Saúde Mental, editado pela poderosa APA, a  Associação Americana de Psiquiatria. O anúncio está sendo feito duas semanas antes do lançamento da nova versão do manual. 

No comunicado, o diretor NIMH,  Thomas Insel, diz que “os pacientes com transtornos mentais merecem algo melhor”.

De acordo com Inse, o  NIMH vai “re-orientar sua pesquisa para longe de categorias do DSM. Daqui para frente iremos apoiar projetos de pesquisa que olhem além das categorias atuais; ou que subdividam as categorias atuais, para que se comece a desenvolver um sistema melhor”.

Muitas empresas, instituições e profissionais de saúde mental já criticavam a quarta versão, o DSM-IV, e o recusavam como referencial. Apesar disso, a publicação ainda tem grande peso e costuma orientar  muitas diretrizes e decisões envolvendo saúde mental. Mas não havia a abstenção do também poderoso NIMH.

Como vai ficar esse caldeirão de divergências, só esperando para ver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s