Campanha da APA incentiva busca por psicoterapia

 Textos e filmes postados no site da  Associação Americana de Psiquiatria (APA) divulgam informações esclarecedoras sobre psicoterapia. A intenção parece ser evitar o excesso de medicação entre os americanos e levar à reflexão de que em alguns casos não é necessário tomar pílulas, podendo ser a “cura pela fala” mais adequada e eficaz. O texto a seguir é uma tradução adaptada da campanha da APA. Link para original do texto e  vídeos está no final deste post.

“ O que é psicoterapia?

É o caminho por meio do qual  psicólogos podem  ajudar as pessoas a viver uma vida mais feliz, mais saudável e mais produtiva. Na psicoterapia, psicólogos aplicam procedimentos cientificamente validados para ajudar as pessoas a desenvolver hábitos mais saudáveis, mais eficazes. Existem várias abordagens teóricas e respectivas metodologias de prática clínica  para a psicoterapia, entre elas a psicodinâmica (Psicanálise e Junguiana), a cognitivo-comportamental, interpessoal e outras, que auxiliam os indivíduos a trabalhar/elaborar adequadamente as questões pessoais de cada paciente (ou cliente).

A psicoterapia é um tratamento colaborativo baseado na relação entre um indivíduo e um psicólogo. Fundamentada no diálogo, ela fornece  ambiente de apoio que permite falar abertamente com alguém que é objetivo, neutro e imparcial. Você e seu psicólogo irão trabalhar em conjunto para identificar e mudar os padrões emocionais, de pensamento e comportamento que estão impedindo a pessoa de se sentir bem. No momento em que estiver pronto (a), a pessoa não só vai ter resolvido o problema que a levou à terapia como também terá aprendido novas habilidades para lidar melhor com quaisquer desafios que surgirem no futuro.

Quando você deve considerar a psicoterapia?

(…)  Algumas pessoas procuram a psicoterapia por se sentirem deprimidas, ansiosas ou irritadas por tempo prolongado. Outras podem querer ajuda para suportar ou lidar com  uma doença crônica que está interferindo no estado emocional e no bem-estar físico. Outras, ainda, podem ter problemas de curto prazo e desejam ajuda para superá-las. Elas podem estar passando por separações, se deparando com a síndrome do ninho vazio, sentindo-se oprimidas no novo emprego ou lamentando a morte de um membro da família, por exemplo.

Sinais de que a pessoa pode se beneficiar de terapia incluem:

  • Sente uma sensação prolongado de desamparo e tristeza;
  • Os problemas não parecem  melhorar, apesar dos próprios esforços e  da ajuda de familiares e amigos.
  • Acha difícil se concentrar em tarefas de trabalho ou para realizar outras atividades cotidianas.
  • Se preocupa demais, espera o pior ou está constantemente no limite.
  • As ações, tais como beber muito álcool, uso de drogas ou agressividade, estão prejudicando a si próprio e a outras pessoas.

Quais são os diferentes tipos de psicoterapia?

Existem muitas abordagens diferentes para a psicoterapia. Psicólogos geralmente se orientam por uma mais metodologias. Cada perspectiva teórica funciona como um roteiro para ajudar o psicólogo a entender seus pacientes, os problemas deles e a  encontrar/desenvolver soluções. O tipo de tratamento que você vai receber dependerá de uma série de fatores, incluindo a orientação teórica do profissional.

A perspectiva teórica do psicólogo vai afetar o que acontece na sessão. Os psicólogos que usam a terapia cognitivo-comportamental, por exemplo, têm uma abordagem prática para o tratamento. Seu psicólogo pode pedir-lhe para resolver determinadas tarefas concebidas para ajudar a desenvolver habilidades de enfrentamento mais eficazes. Esta abordagem envolve frequentemente trabalhos de casa. Seu psicólogo pode pedir-lhe para reunir mais informações, tais como a exploração madeireira suas reações a uma situação particular que eles ocorrem. Ou o seu psicólogo pode querer que você praticar novas habilidades entre as sessões, como pedir a alguém com uma fobia de elevador para a prática de apertar botões de elevador. Você também pode ter tarefas de leitura para que você possa aprender mais sobre um determinado tópico.

Em contraste, as técnicas psicanalítica e humanista se concentram mais em falar do que fazer. Você pode passar as suas sessões conversando sobre suas primeiras experiências para ajudar você e seu psicólogo a  entender melhor as causas dos seus problemas atuais.

Seu psicólogo pode combinar elementos de vários estilos de psicoterapia. Na verdade, a maioria dos terapeutas não se amarram a uma única abordagem (ou a técnica clínica por ela inspirada). Em vez disso, eles misturam elementos de diferentes abordagens e adaptam ao atendimento de cada paciente, de acordo com as necessidades de cada.”

O texto original  na íntegra está no site da APA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s