Síndrome de Irlen

Síndrome de Irlen é a dificuldade para manter a atenção no que está sendo lido  ou  para compreender e memorizar. É relacionada à atividade ocular durante a leitura. Quem sofre desse distúrbio, claro, sofre déficit na  aprendizagem e pode haver também comprometimento  comportamental e dificuldades nas inter-relações sociais.

As respostas para as perguntas abaixo podem apontar a existência dessa síndrome:

  1. Você salta palavras ou linhas quando lê?
  2. Você relê palavras ou linhas?
  3. Ao ler um texto, você perde a parte onde estava?
  4. Você se desliga do que está lendo com frequência?
  5. Quando está lendo, você precisa de fazer intervalos?
  6. Você sente que a leitura fica mais difícil na medida em que você lê?
  7. Quando você lê, seus olhos ficam ardendo, com sensação de areia  ou lacrimejando?
  8. Quando você lê, seus olhos ficam ardendo, com sensação de areia  ou lacrimejando?
  9. Ler o(a) deixa cansado(a)?
  10. Você pisca, aperta os olhos ou franze a testa ao ler?
  11. Você prefere ler em ambiente menos iluminado?

Pelo menos três resposta  afirmativas indicam necessidade de avaliação mais completa sobre o caso.

Fonte do questionário: http://irlenbrasil.com.br/

Os sintomas desse transtorno podem ser confundidos com os da dislexia, do DPAC e até mesmo do TDAH.

É mais um desafio no diagnóstico de casos de dificuldade de aprendizagem.

Diferentemente do DPAC, que é um déficit no processamento auditivo central, e portanto uma dificuldade relacionada à audição, a Síndrome de Irlen está associada à visão. Já o TDAH, o Transtorno do Déficit da Atenção e Hiperatividade, é uma alteração mais relacionada à produção de neurotransmissores envolvidos no comportamento de atenção ou ou de agitação psicomotora (explicação bem reducionista, claro).

O fato é que antes de optar por qualquer medicação, os profissionais responsáveis devem entender bem o quadro para acertar na terapêutica. Lembrando que em alguns casos, os sintomas de qualquer um dos distúrbios acima citados podem estar presentes, mas ser apenas de ordem psicoemocional. Neste último caso, uma análise clínica correta pode conduzir  à reparação sem a necessidade de medicação, desde que seja possível fazer ajustes no ambiente escolar e familiar e, sobretudo, no modo como as demandas psicológicas e emocionais do menor estejam sendo atendidas.  Cada caso é um caso; tem-se que tomar cuidado com as generalizações precipitadas.

Sugiro a leitura de mais informações sobre a Síndrome de Irlen nos links a seguir:

http://www.portaldaoftalmologia.com.br/site/site2010/index.php?option=com_content&view=article&id=1044:conheca-a-sindrome-de-irlen&catid=41:noticias&Itemid=77

e

http://www.leilynay.com.br/leilynay/materias/a-sindrome-que-torna-a-leitura-mais-dificil

Anúncios

2 comentários sobre “Síndrome de Irlen

  1. Oi!,eu estou com um eceso de gases muito grande,principalmente quando eu estou indo e voltando para a escola ih isso me prejudica muito pq eu ja procurei meu isolar e não sair mais de casa eu procuro ficar so em casa n quero sair pra lugar algum.oque eu devo fazer sobre isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s