Mitologia e Psicologia

Os mitos são representações espontâneas  vindas do inconsciente, de verdades psicológicas e espirituais. Para Jung, os mitos fazem sentido porque representam, de forma alegórica, os arquétipos, ou seja: padrões de vida universalmente reconhecidos. Um mito está para a humanidade como o sonho está para o indivíduo. O sonho mostra a alguém uma verdade psicológica importante sobre si próprio; mostra uma verdade piscológica importante que se aplica a toda a humanidade.

Anúncios

2 comentários sobre “Mitologia e Psicologia

  1. Vejo também, os sonhos, como um exame psíquico que nos ajuda a diagnosticar a problemática do individuo, para então melhor direcionar as intervenções no caso.Tenho os sonhos como ferramenta imprescindível no trabalho terapêutico.

  2. Perfeito, Gelta! Isso mesmo. Tb vejo assim e tb uso os sonhos como ferramenta de acesso ao ICS dos pacientes. E isso é possível justamente pq os sonhos são verdades inconscientes ditas de forma simbólica.Obrigada pela visita. Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s