Cuidado com a fé cega

A base da fé deve ser a “veritas prima” (verdade primeira) e não o dogma. Do contrário, a quem serves? a Deus ou aos homens? A quem te interessa seguir e por quê? O que está por trás de tua fé cega? Questiona tuas crenças e avalia sempre o que é certo ou errado,o que é bom ou mal pelos ressultados que produz, levando em conta que o objetivo maior das religiões (formas de religar a criatura ao Criador) é sempre a salvação da alma, isto é, a evolução do espírito, que é eterno.  De que adianta ao um papa, bispo, diácono ou padre o poder que detém, às custas de enganosas filosofias e preceitos manipuladores, se em breve tempo o corpo dele perecerá inevitavelmente, como ocorrerrá aos demais homens? 

“Tesouros adquiridos pela mentira; vaidade passageira para os que procuram a morte (Provérbios 21,6).

“Mas, quando me pus a considerar todas as obras de minhas mãos e o trabalho ao qual me tinha dado para fazê-las, eis: tudo é vaidade e vento que passa; não há nada de proveitoso debaixo do sol.” Eclesiastes 2, 11.

A alma, imortal, se transformará em espírito errante se em vida corporificada tiver priorizado a vaidade e a hipocrisia. Alguém  protestará: “os dogmas são estabelecidos por ‘inspiração divina’, portanto expressam a vontade de Deus”. Eu perguntarei? Tens certeza disso? Acreditas tu que os líderes das igrejas humanas estão sempre ouvindo a voz de Deus e O obedecendo? E por que, então, autorizaram a “santa” inquisição e as Cruzadas? Por quais motivos mantém-se relutantes em aceitar as mudanças sociais e atualizar seus cânones? Por que demonizam o sexo, obra de Deus? Consegues imaginar que força de convencimento e poder  de propagação do Evangelho teria tido Paulo de Tarso se falasse a linguagem do século anterior a que vivia? Que direito têm as igrejas de ignorarem a marcha evolutiva da humanidade e atormentarem seus seguidores com diretrizes ultrapassadas, obsoletas e que os afastam da saúde e do bem-viver? Direito nenhum; motivações muitas, principalmente busca por segurança e manutenção do poder. Abre  teu olho, portanto, homem de fé  cega, e segue a Deus e ao Cristo somente. A ninguém mais entregues tua vida.

 

Escrevo essas coisas por causa do grande números de pessoas psicologicamente adoecidas em decorrência de supostos preceitos divinos apregoados por “falsos profetas”. Como é difícil restituir-lhes a saúde, a lucidez e o respeito à Vida e à Deus Verdadeiro. Falo dos falsos cristãos, tão hipocritas quantos os escribas e fariseus da época de Cristo.

Anúncios

3 comentários sobre “Cuidado com a fé cega

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s