Liberdade para fumar em bares e restaurantes interessa a quem?

Uma boa notícia:

“O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou, em setembro passado,  recurso da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) para que seus associados não fossem autuados ou punidos pelo descumprimento da lei estadual antifumo.

Para os desembargadores da 7ª Câmara de Direito Público, “a iniciativa do Estado de São Paulo é adequada à convenção sobre controle do uso do tabaco e importante para a proteção do direito à vida, à saúde e ao meio ambiente”. A lei também protege os empregados dos estabelecimentos que viravam fumantes passivos. O pedido para abrandar a lei para os associados da entidade foi negado por unanimidade.

Segundo balanço da Secretaria de Estado da Saúde, a lei antifumo paulista completou um ano no dia 7 de agosto, com 99,78% de adesão por parte dos estabelecimentos.”

Essa Abrasel está remando na direção contrária ao das conquistas coletivas pela preservação da saúde. E como nunca ouço frequentadores de bares e restaurantes se queixarem da proibição ao cigarro, fico me perguntando se essa entidade não está sendo, digamos assim, “manipulada” por lobistas dos fabricantes de cigarros. Será que os dirigentes dessa associação estão levando algum “por baixo dos panos”?

É um alívio constatar o  bom senso do TJ-SP.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s