Torcedores patriotas ou marionetes da mídia?

Ontem acompanhei uma pessoa a uma loja de eletrodomésticos para comprar uma TV de 32 polegadas, cheia de recursos tecnológicos inimagináveis anos atrás. A pessoa pagou  RS 1.800,00, divididos em 12 vezes. Ou seja: vai apertar-se no orçamento por um ano para ter uma traquitana eletrônica a qual ela nem conseguirá aproveitar bem porque trabalha em dois empregos e mal tem tempo para descansar. Detalhe: essa pessoa não chega a ganhar 2 mil reais por mês. De nada adiantaram minhas tentativas de fazê-la ver que, já tendo um televisor em casa, não precisava comprar outro e tão caro. Enquanto esperava ela fechar a compra (eu estava lá apenas de motorista-transportadora) um homem de vestes humildes chegou à entrada do estabelecimento (parecia não se julgar digno de adentrar a loja) e olhou as TVs com olhar pesaroso, de quem deseja, mas sabe que não pode ter. Pude ver sofrimento e frustração no rosto dele. E odiei a mídia, a maldita mídia que incute nas pessoas necessidades que elas verdadeiramente não têm. E faz isso movida por interesses próprios e para atender às demandas dos anunciantes: o incentivo ao consumo. Na Copa (como no Natal, Páscoa, Dia dos Namorados, etc) isso é mais gritante! Estou odiando esse patriotismo de meia pataca. Todo um país mobilizado por causa de partidas de futebol, de um campeonato de futebol. Faça-me o favor! Isso é pura alienação e regressão aos impulsos mais infantis. Então as pessoas se mobilizam, enfeitam ruas, casas, compram tudo em verde e amarelo por causa de “diversão” e não se unem para defender a Pátria de ladrões , corruptos safados, gestores e políticos desonestos? Que tipo de patriotismo é esse? ISSO NÃO É PATRIOTISMO! No dia em que as pessoas se unirem em manifestação pública para pedir atendimentos de qualidade nos hospitais públicos, quando se mobilizarem para exigir o fim da corrupção nos três Poderes eu vestirei roupa verde amarela, empunharei uma bandeira do Brasil enorme e me juntarei a eles, debaixo de sol ou chuva. Mas não me peçam para participar dessa farça, dessa manipulação chamada “Copa do Mundo”. Claro, as pessoas têm direito e necessidade de se divertir, mas não é isso, apenas, que ocorre nesses eventos. Elas são usadas, manipuladas, para comprarem, consumirem, gastarem, esquecerem os reiais problemas do País. E quem vai cuidar do coração, das emoções afetadas daquele homem que sofre porque não pode levar uma TV grande para casa? Os miseráveis que o convenceram dessa falsa necessidade têm responsabilidade sobre a frustração dele. E o pior é que essa prática adoecedora é realizada diariamente, principalmente pela televisão. Depois a própria sociedade reclama dos marginais, das pessoas que roubam e matam para serem consumidoras do que dizem ser necessário TER. Dizem a todo instante que só tem valor quem POSSUI bens materiais, quem tem dinheiro. Pois bem, os desprovidos, os usurpados economicamente tratam de conseguir obter o que passam a acreditar que precisam. E recorrem ao caminho que está ao alcance deles, a contravenção. Fazer o quê? SIM, estou dizendo que a mídia é, ao estimular o consumo desenfreado, em grande parte, responsável   pela violência urbana (e rural). Enquanto não mudarmos o teor das  mensagens disseminadas nos veículos de comunicação, lutar contra a violência será luta inglória. E pouco me importam os jogos da Copa e que se danem os patrocinadores desse grande circo. NÃO, não estou de mau humor. Estou, sim, cansada de desmandos, de ver frequentes denúncias de absurdos por má gestão de recursos públicos, seguidas da mais absoluta impunidade, e da falta de consciência política dos brasileiros. A vida não é só festa, é também responsabilidade, pelo menos no mundo dos adultos. Brincadeiras como essas, deixemos para as crianças e, no máximo, para os adolescentes. Adultos se comportando como macacos zombeteiros entusiamados além do normal por causa de partidas de futebol é mais do  que infantilidade, é tolice da mais grave, é “imbecilidade produzida”  (que interessa muito ao comércio, mas não favorece em nada a Vida).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s