Saúde púlbica no DF é negligenciada

“O Ministério Público da União (MPU) enviou nesta quarta-feira (30.09.09) uma representação ao Tribunal de Contas da União (TCU) para investigar os indícios de irregularidades na Secretaria de Saúde do Distrito Federal. A representação foi baseada em denúncia feita pela bancada do PT no MPU no início deste ano. No documento ao tribunal, o procurador Marinus Eduardo De Vries Marsico afirma que uma análise preliminar na documentação entregue ao Ministério Público apontou indícios de possível utilização irregular de recursos federais na gestão da Saúde no DF. Mas como a competência para apuração seria do tribunal, repassou o caso aos ministros do TCU.”

Fonte: Blog da Paola Lima.

A situação está pra lá de grave e não  é apenas emm hospitais ou psotos de saúde: desde que se encerrou contrato do GGDF com instituições que administravam Ciago e Cesame, no atendimento a menores infratores, adolescentes em situação de risco social estão largados à própria sorte. O GDF não se dispõe a contratar psicólogos nem assistentes sociais para essas isntituições, apesar de já ter no seu banco de dados, no RH, aprovados em concurso público para diversas funções. Faltam psicólogos também nas escolas públicas. No DF, a  demanda por profissionais de psicologia na educação (senor gestor, favor não confundir trabalho de psicólogo com o de psicopedagogo!) é enorme e antiga!

A alegação para o descaso é sempre falta de recursos, mas esse argumento não é verdadeiro nem convincente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s