Canção de Vanessa da Mata e o processo analítico

Mesmo sem essa  intenção, Vanessa da Mata compôs uma canção perfeita para descrever o que ocorre em um processo analítico: Minha Herança, uma Flor. Percebi isso ouvindo a música no momento em que pensava no meu querido paciente de 6 anos de idade que chegou à terapia com a autoestima afetada  e muita dificuldade de relacionamento. O sofrimento dele era atribuído pela mãe e professora a um suposto transtorno de hiperatividade (TDAH), o que não se confirmou ao longo do processo terapêutico.  Em seguida analisei se a associação valia também para outros pacientes e percebi que a resposta era sim. Na verdade, me dei conta de que todos os casos  se encaixavam na letra, considerando as trocas afetivas entre terapeuta e paciente e os resultados do processo. Transcrevo a letra abaixo e o videoclip está no link MINHA HERANÇA UMA FLOR.

“Achei você no meu jardim
Entristecido,
Coração partido,
Bichinho arredio.

Peguei você pra mim
Como a um bandido
Cheio de vícios
E fiz assim, fiz assim:

Reguei com tanta paciência
Podei as dores, as mágoas, doenças
Que nem as folhas secas vão embora
Eu trabalhei

Fiz tudo, todo meu destino
Eu dividi, ensinei de pouquinho
Gostar de si, ter esperança e persistência
Sempre

A minha herança pra você
É uma flor com um sino, uma canção
Um sonho, nem uma arma ou uma pedra
Eu deixarei.

A minha herança pra você
É o amor capaz de fazê-lo tranqüilo
Pleno, reconhecendo o mundo
O que há em si.

E hoje nos lembramos
Sem nenhuma tristeza
Dos foras que a vida nos deu.
Ela com certeza estava juntando
Você e eu.

Pierre Weill, o fundador da Universidade da Paz, disse certa vez que psicólogos eram “prostitutos” porque vendiam amor.

Mestre Moacir Rodrigues explicou-me que essa visão estava errada  e explicou: “nós psicólogos cobramos pela técnica, pelo tempo destinado ao paciente. Não cobramos pelo amor que damos a eles. Não podemos cobrar pelo amor porque amor não se vende já que amor não tem preço.”  Perfeito, né?

Anúncios

4 comentários sobre “Canção de Vanessa da Mata e o processo analítico

  1. Carmelita parabens pelo site e acima de tudo pelo fato de ser uma das continuadoras da obra magistral de Carl Gustave Jung.Gostaria de deixar uma dica: elabore um artigo sobre o filme o Jardim Secreto(F F Copola)povoado de arquetipos.Vale a pena.Abraço!

    • Ol Davi! Grande indicao! Filme magnfico e voc est certo na sugesto: a bela produo merece referncia no mximo possvel de espaos de divulgao. Sou-lhe imensamente grata pelo comentrio e por ter me proporcionado momentos de magia e emoo ao assistir ao filme. Grande abrao, Carmelita

    • Oi! atendi a sua sugesto e j postei uma resenha sobre o filme O Jardim Secreto. Veja se atende suas expectativas, se fui fiel qualidade da mensagem do filme. Agradeo sua participao, abrao, Carmelita

      2009/8/31 Carmelita Rodrigues

      > Ol Davi! Grande indicao! Filme magnfico e voc est certo na sugesto: > a bela produo merece referncia no mximo possvel de espaos de > divulgao. Sou-lhe imensamente grata pelo comentrio e por ter me > proporcionado momentos de magia e emoo ao assistir ao filme. Grande > abrao, > Carmelita >

      • Carmelita gostaria de agradecer por ter atendido minha sugestao,q bom que voçe gostou do filme,é lindo não é?!deixo lhe um grande abraço e a certeza de q continuarei visitando o seu blog.Até mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s