NÃO AO TREM DA ALEGRIA:Manifestação pública no Congresso na quarta-feira

Na próxima quarta-feira, estudantes de nível médio, universitários, trabalhadores, profissionais de várias categorias vão manifestar sua indignação contra a aprovação da PEC ” TREM DA ALEGRIA”. O manifesto será em frente ao Congresso Nacional, em Brasília. Vários ônibus vão sair do colégio Obcursos, no Setor Gráfico, em direção ao Congresso Nacional, às 8 hora da manhã.  Os manifestantes vão usar camiseta preta e guarda-chuva da mesma cor. Sim, a iniciativa é dos chamados “concurseiros”; e por que não? Alguém tinha que começar e a imprensa, as organizações de classe e cada um de nós brasileiros temos mais é que apoiar a ação porque por trás da defesa por concursos legítimos há muito mais. Há a demonstração de que o povo brasileiro é capaz de cobrar decência dos nossos parlamentares. Mas se os estudantes e concurseiros forem os únicos, os resultados podem ser insignificantes! E já não era sem tempo de reação semelhante acontecer! Milhares de brasileiros estão investindo dinheiro, tempo, deixando de dar atenção à família, de viajar, de adquirir bens às vezes necessários para estudar, se preparar para concursos públicos e essas “criaturas” que se dizem representantes dos cidadãos brasileiros não se cansam de prejudicar o País e a pessoas dignas e trabalhadoras, beneficiando uma minoria ligada a eles. Centenas de pessoas vêm a Brasília de outras cidades; se afastam dos pais, reformulam seus projetos de vida, investem muito acreditando no caminho democrático do ingresso em serviço público por meio de concursos, como prevê, inclusive, nossa Constituição. E eles, os ratos do poder, cospem nas nossas leis, debocham do que realmente é democracia e não se cansam de tripudiar da integridade de quem votou neles e trabalha duro pra pagar pesado fardo de impostos. Chega disso! Chega também de sermos bonzinhos e passivos! Na prática, essa PEC representa o fim dos concursos públicos para os órgãos mais importantes do País. Cadê o princípio da igualdade, previsto na Constituição, se somente há o benefício de ingresso em importantes órgãos públicos para quem tem “padrinhos” , “QIs”? Vamos retroceder? Por que isso agora? É porque têm havido tantas denúncias de corrupção e desmandos de toda ordem nos três poderes e nós brasileiros não fazemos nada? Claro que deve ser isso. Temos sido “tão bonzinhos”, tão bab..!E isso sem falar do custo para a Previdência que essa irresponsabilidade vai custar.

Na quarta-feira de manhã, precisamos ir ao Congresso vestidos de PRETO; preto do luto; preto da negritude que têm a aura desses corruptos; escuro do pelo de ratos de bueiros, escuro das cinzas em que se transformam as páginas da Constituição Brasileira e dos nossos códigos e leis.
ENTENDA A PEC TREM DA ALEGRIA

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 54 será colocada na pauta de votação da Câmara dos Deputados pelo presidente da Casa, Arlindo Chinaglia, conforme ele próprio anunciou na segunda-feira (13/8). Trata-se de uma das mais vergonhosas proposições já levadas à consideração do Congresso Nacional, ao garantir estabilidade a servidores da administração direta e indireta admitidos antes da Constituição de 1988, passados quase 20 anos da promulgação da Carta Magna.
A PEC representa, na prática, é a volta do regime que vigorava antes da Constituição de 1988, em que só a primeira investidura em cargo público requeria concurso. Isso viabilizava verdadeiros “trens da alegria” para a Câmara dos Deputados, o Senado Federal e os órgãos do Poder Judiciário. ” Leia mais AQUI.

Anúncios

4 comentários sobre “NÃO AO TREM DA ALEGRIA:Manifestação pública no Congresso na quarta-feira

  1. Demorou!Vamos todos dizer não aqueles bandidos engravatados! Parece que a única saída que resta é a da mobilização popular. Vamos lá, gente! Reajam! Não gosto de política nem sou militante de nada, mas taambém não gosto de bancar o palhaço. Realmente aqueles RATOS estão abusando de nossa inteligência e tolerância… é preciso começar a dizer NÃO TOLERAMOS MAIS A ROUBALHEIRA DE VOCÊS! Já tô lá.

  2. Acabo de saber que ônibus também sairão do curso Alto nível(510/511 sul
    Contamos com a presença de vcs!

  3. Temos que dar um basta nessa pouca vergonha do Congresso Nacional em querer efetivar funcionários que nunca prestaram concurso público, nunca estudaram pra merecer os salários que recebem e só estão lá porque indicação e tirando a oportunidade dos que estão batalhando, estudando pra conseguir uma vaga. Então vamos nos unir pra gente mostar a esses nos “governantes” que a população está alerta a tudo isso.

  4. Estou diretamente envolvido nessa situação, fui contratado em 1989, aos 15 anos de idade por um programa do gov do est. para menores carentes (Programa do menor – gov Quercia). Não sou favoravel ao trem da alegria, mas tanto eu como muitas outras pessoas que trabalham comigo (onde trabalho são quase 1000 nessa situação). Em SP, o 1º concurso foi efetuado em 1991, as pessoas eram contratados com base em decretos do gov. Acho que o termo “trem da alegria” não vale para todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s