GDF terá que realizar concurso para unidades de assistência social

As contratações que o GDF fizer por meio de processo seletivo simplificado só poderão durar 12 meses. Até o final desse prazo, as vagas terão que ser ocupadas por pessoas concursadas. O caráter emergencial das contratações previstas no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado ontem têm por objetivo evitar a interrupção de programas de amparo a crianças e adolescentes. O Termo de Ajustamento proíbe a contratação de empresas, como ocorria entre a Secretaria de Desenvolvimento e o Instituto Nossa Senhora de Fátima, que contratava pessoal terceirizado para trabalhar nas unidades assistenciais do governo. Proíbe também o aproveitamento de pessoas contratadas em concursos realizados para outras finalidades. Se for desrespeitado o prazo de 54 dias para as contratações emergenciais, o GDF estará sujeito a multa de vinte e cinco mil reais por dia de atraso. Leia mais AQUI.

Anúncios

Um comentário sobre “GDF terá que realizar concurso para unidades de assistência social

  1. gostaria de saber se o gdf irá chamar os aprovados nos concursos de: Analista de Administração – Administrador, Arquitetos e outros, concurso realizados em 2003, já que estão contratando via termo de ajustamento de conduta. Não seria mais fácil, prático e, até, ético tal procedimento?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s