Estou desconfiada deste concurso!

“Gato escaldado…” Será que dá pra confiar na seriedade do concurso da Prefeitura de Águas Lindas? Já está publicado edital anunciando dezenas, dezenas de vagas em várias áreas, para pessoas com escolaridade que vai desde o ensino fundamental incompleto ao ensino superior. Os salários, principalmente para alguns cargos de nível fundamental são excelentes. Para Psicologia são 14 vagas; 2 mil reais de salário por 40 horas, inscrições já em andamento… Mas há aspectos que me deixam muito desconfiada:Primeiro: O prefeito de Águas Lindas, José Pereira Soares, responde a 11 inquéritos civis públicos e cinco ações de improbidade administrativa. De acordo com notícia Correio Braziliense do ano passado, ele teria provocado prejuízo de 3 milhões de reais aos cofres públicos; não o estou declarando culpado, só apresentando fatos; Segundo: a seleção está entregue a uma entidade da qual ninguém ouviu falar, não se sabe há quanto tempo atua nem quem são os responsáveis: um tal IBEG (Instituto Brasileiro de Educação e Gestão). No site dessa entidade as informações são vagas, muitíssimo vagas. Veja um trecho: ” O Instituto Brasileiro de Educação e Gestão Ambiental – IBEG é uma organização civil de direito privado, sem fins lucrativos, com autonomia administrativa e financeira, criado por um grupo de educadores que sentiam a necessidade de realizar trabalhos de maneira sistematizada.” Quem preside, dirige ou responde por essa instituição? Ela existe desde quando? Funciona onde? Quem são esses educadores envolvidos, eles não têm nomes? Isso não é falta de transparência? Nossas vovós ensinaram: “quem nada deve, nada teme”; por que não se mostrar responsável pela entidade? Já temos ouvido tantas notícias de instituições “parceiras” de gestores públicos desonestos envolvidos em irregularidades! Como não desconfiar? Terceiro: se estão sendo anunciadas tantas vagas, como a prefeitura está funcionando hoje? Não tem gente trabalhando lá? São terceirizados ou contratados sem concurso e o prefeito é honesto e quer legalizar as contratações?O fiasco da seleção dos Correios aqui no DF, entregue a uma empresa de nenhuma expressão ou credibilidade pública, a Exatus, o caso das fraudes nas seleções do Cespe e tantos outros concursos “de fachada”, feitos ou para tomar o dinheiro da população ou para dar chancela de credibilidade a seleções de “carta marcadas”, deixa qualquer um ressabiado. A quem compete investigar a seriedade de um concurso público? Podemos continuar a mercê de tantos desmandos? Sugiro uma investigação mais cuidadosa antes de gastar dinheiro nessa seleção. Se alguém tiver informações que possam acabar com minhas desconfianças, eu agradeço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s